"Learning to Code is Like Learning to Speak a new Language." ~ Paul Cardune
Gosto demais da frase acima! Pois ela resume o que muitos desenvolvedores(as) tem que fazer para aprender uma nova linguagem de programação! Pois de fato, aprender uma nova linguagem de programação é como se você estivesse aprendendo a falar um novo idioma. E não será, de uma hora para outra que, que uma determinada pessoa aprenderá uma nova língua/idioma. Mas, muitos de vocês que chegaram nessa parte da página do meu site, devem estar se perguntando: 'Por que a Glaucia está falando sobre isso?' Simples: já recebi inúmeras mensagens de diferentes Desenvolvedores, desde o estagiário até os que são Sêniors que me perguntam: 'Glaucia, qual é o segredo para aprender ou ser um bom desenvolvedor(a)?' E a resposta que dou é sempre a mesma: paciência, persistência e humildade. E é nesses 3 pontos que quero focar esse texto aqui.

#1 - Paciência

Paciência. Uma palavra muito conhecida, principalmente para nós que somos desenvolvedores! E não é à toa. Uma vez que, todos os dias, parece que surge algo novo para estudar, seja um novo framework ou uma nova linguagem. Não adianta querer aprender tudo em um único dia ou semana. E ficar ansioso (uma das características que preciso melhorar... tenho que admitir com vocês aqui), só vai te prejudicar em focar no seu apredizado. Nunca pule as coisas essenciais e básicas, tais como: a aprender sintaxe da linguagem nova, lógica de programação e claro criar projetos pessoais em cima da linguagem que você está aprendendo. Isso será de grande ajuda no começo. Procure criar uma rotina de estudos. Não precisa ser algo do tipo estudar 4h seguidas. O importante é a qualidade dos seus estudos e não a quantidade. Se você tiver dúvida em algo, tenha a paciência de procurar as resposta em fóruns e no nosso querido e amado StackOverflow. Não há problema nenhum em fazer esse tipo de busca. Todos os Desenvolvedores tem como hábito fazer pesquisas mesmo! Assim que, fica aqui a primeira dica: tenham paciência para aprender!

#2 - Persistência

Toda pessoa quando está aprendendo um novo idioma tem que ter uma das características que de fato fará com que você se torne fluente num idioma - Persistência. E no mundo da programação não é diferente. Pois, a cada dia, precisamos ter uma motivação e claro persistência. Por que a persistência é tão importante para nós? A resposta também é simples a essa pergunta: nós - desenvolvedores - temos inúmeros problemas e soluções para resolvermos. E sem a persistência, não conseguiremos atingir com o objetivo principal, que é: entregar o produto final para o cliente. Não vou mentir que vai ter dias que você vai se sentir: desanimado, ou se sentindo o pior desenvolvedor(a) do mundo (quem nunca se sentiu assim alguma vez...), ou que não vai conseguir resolver o problema do sistema. Enfim, esses sentimentos vão aparecer. A questão é: qual será a melhor forma de lidar com eles? Remédio é persistência. Nada na vida é fácil. Tudo é difícil e na nossa área não será diferente. Adversidades aparecerão. Mas, quando persistimos em algo que colocamos como alvo, podem ter certeza de que no final, tudo vai dar certo! E notem como a palavra persistência está muito ligada a uma outra palavra importante: foco! Então fica a minha segunda dica aqui: tenham persistência!

#3 - Humildade

Hoje vivemos num mundo cercado de egocentrismo. Logo, de uma maneira indireta... acabamos sendo 'contaminados' por essa característica ruim. Quando nos tornamos egocêntricos, por consequencia, na maioria das vezes, perdemos a humildade. E a humildade é algo fundamental, pode ser ela na nossa vida pessoal ou profissional. Mas, vamos focar no lado profissional. Por que ter humildade é importante para nós que somos desenvolvedores(as)? Pois nunca saberemos tudo. Fato! Por mais que você tenha, sei lá 15 ou 20 anos de experiência numa determinada linguagem, podem ter certeza de que uma hora ou outra, você vai se deparar com um problema no sistema que precisa ser solucionado em pouco tempo e vai precisar da ajuda do colega ao lado. Pedir ajuda não é uma vergonha. Mas, sim uma atitude linda mostrará a todos a seu redor que você não sabe de todas as coisas. Nas minhas palestras eu comento que sou muito a favor do trabalho colaborativo. Por que? Pois, vejam como grandes empresas de tecnologia surgiram:
  • Apple
  • A Apple sem Jobs não existiria e muito menos sem o Wozniak. Enquanto fazia muito bem o seu trabalho nas vendas, Wozniak quebrava a cabeça desenvolvendo o sistema. A Apple não surgiu sozinha. E teve dois grandes nomes: Steve Jobs e Wozniak
  • Microsoft
  • Diferente um pouco da Apple, a Microsoft teve uma grande contribuição do famoso Bill Gates. Mas, o próprio Bill Gates comenta em suas diversas entrevistas que, sozinho ele não conseguiria criar a Microsoft. Foi quando ele teve ajuda do seu amigo: Paul Allen. Grande desenvolvedor e que foi peça fundamental no surgimento da Microsoft. Então, a Microsoft surgiu sozinha? Não. Teve a colaboração do Bill Gates e Paul Allen.
  • Google
  • Novamente vemos aqui dois grandes criadores: Sergey Brin e Larry Page. Ambos trabalharam juntos para criar a maior plataforma de busca do Universo - o Google. Será que sozinhos eles conseguiriam chegar aonde chegaram?

    O que eu quero dizer com esses exemplos? Imaginem se esses grandes nomes, não procurassem ajuda de outros Desenvolvedores ou pessoas para criarem as suas ideias? Podem ter certeza que iriam falhar!

    Então, quando for pedir ajuda, pensa nesses 3 exemplos acima. Grandes empresas de tecnologia surgiram não na mente e ajuda de uma única pessoa. Mas, sim num trabalho em conjunto. E ter a humildade para pedir ajuda será fundamental na sua carreira profissional. E caso você tenha conhecimento suficiente para ajudar o próximo, não guarde somente para você. Compartilhe. Pois, num futuro, você pode precisar da ajuda daquela pessoa. Pense nisso! ;)

    #4 - Dica Extra

    Eu sei, eu sei... escrevo muito. E vou terminar esse texto com algumas dicas importantes para quem está começando na área de desenvolvimento. São elas:
    1. Estude todos os dias.
    2. Mantenha uma rotina de estudos.
    3. Estude lógica de programação.
    4. Estude Estrutura de Dados.
    5. Estude POO.
    6. Seja especialista em uma única Linguagem de Programação.
    7. Depois Aprenda uma Linguagem Funcional.
    8. Aprenda SQL.
    9. Aprenda Padrões de Projeto & Clean Code.
    10. Aprenda a Testes.
    11. Depois que você sentir que está bom, compartilhe o conhecimento a outras pessoas.

    Se vocês seguirem essa lista, vão por mim, não terão dificuldades nenhuma quando for aprender uma nova linguagem. Às vezes, nós acabamos focando na sopa de letrinhas que aparecem nas vagas do Linkedin, como por exemplo: DDD, CQRS,SOLID, e por aí vai... se começar por elas, porém sem saber o básico acima, não vão aprender. Vão por mim. #ficaadica.

    Bom, espero que esse pensamento escrito aqui, sirva de ajuda a todos. Ele foi tirado da minha própria cabeça e de experiências pessoais durante esses mais de 5 anos de experiência na área de Desenvolvimento. Então, resumindo que vimos aqui, tenham: paciência, persistência e humildade. Assim sendo, podem ter certeza de que vocês se tornarão excelentes Desenvolvedores(a).

    É isso pessoal. Desculpem pelo textão e muito obrigada a todos!

    by Glaucia Lemos.